Sobre o Serviço

Descrição

Arquitetura do Serviço

Portal de Medições

Kit de Medições

Política de Uso e Segurança

Status da Implantação

Guia de Instalação

MP (Atraso e Vazão)

Kits de Baixo Custo (2a. Geração)

Guia de Uso

Portal de Medições

Implantação

[Instituições Clientes (Kit de Baixo Custo)]

[Instituição (2a. Geração)]

PoP

RNP

MonIPÊ Live

Disseminação

Material de apoio

Suporte

Lista de E-mail e Suporte

FAQ & Glossário




Desenvolvimento

Comparativo Técnico

Hardware

Software

Ferramentas de Medição

Montagem

MonIPÊ 2.0

MP

LS

MA

MA-Esmond

NDT

Proxy IdP CAFé

Versões Anteriores

MonIPÊ 1.0




Acompanhamento

Log de Problemas

Implantação GTI

Roadmap

2016

2015

2014

2013

Lista de Requisitos

2014

2013

Demonstrações

Piloto 2013

Equipe

2016

2015

2014

2013

Reuniões

2016

2015

2014

2013

Relatórios Anuais

[2014]

2013

Child pages
  • Implantação - Instituição (1a. Geração)

AVISO: Essa página foi movida! Para versão atualizada do conteúdo acesse: https://wiki.rnp.br/display/monipe

Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Guia de instalação dos Hardwares de Baixo Custo (1a. Geração)

Este guia contém os procedimentos que devem ser seguidos para instalação e configuração para uso do kit de medição baixo custo de 1a. Geração do MonIPÊ.

Após instalação concluída, mandar e-mail para: monipe-kits@rnp.br informando detalhes sobre a rede alocada nos equipamentos.  Utilize este e-mail também para suporte durante a instalação.


Informações Necessárias

Informações necessárias para instalação:

  • 01 endereço IP público para o medidor de atraso (Raspberry Pi);
  • 01 endereço IP público para o medidor de banda (Cubox);
  • Permitir que os equipamentos façam consultas NTP (UDP/123) para os endereços:
    • mp2.pop-sc.rnp.br
    • mp2.pop-sp.rnp.br 
    • mp2.pop-rj.rnp.br 
    • mp2.pop-pr.rnp.br
  • Espaço externo, fora de uma janela, para instalação da antena GPS. A distância máxima da antena ao kit deve ser de 15m.

Montagem do Componente de Medição de Atraso (Raspberry Pi)


Componentes

Quant.Descrição Quant.Descrição 
01Raspberry Pi - Modelo B01Pen Drive 16GB
01

Fonte de alimentação 5V - 2A multinacional
com conector micro USB

01GPS (caixa externa + cabo)
01Cartão SD 8GB01Antena de GPS ativa externa com conector SMA

 

Montagem do Kit de Baixo Custo

Procedimentos de montagem

Para montar o medidor de atraso, siga os seguintes passos conforme imagem abaixo:

  1. Inserir o cartão SD no slot SD;
  2. Inserir o pen drive (numeração final inferior a 50) na porta USB superior;
  3. Conectar o cabo de rede na Interface de rede (Conexão à rede);
  4. Conectar o GPS (Instalação GPS) e;
  5. Conectar a fonte de alimentação elétrica bivolt ao Raspberry Pi

 

Raspberry Pi instalado

 

Conexão à rede

O Raspberry Pi deve ser conectado a um switch da rede, com as seguintes características:

  • O mais próximo possível do roteador de borda (gateway) da instituição;
  • A porta switch ou roteador deve estar configurado em modo auto-negociação (o Raspberry Pi deverá negociar a velocidade da porta em 100Mbps full-duplex) e;
  • O endereço IP configurado no equipamento deve ser público (roteável na Internet, sem NAT).


Instalação GPS

 

Instalação Externa

A antena do GPS deve ser instalada, preferencialmente, com visada clara e sem obstáculos para o céu. Caso isso não seja possível, é necessário que ao menos a antena fique posicionada próximo a uma janela. A caixa do GPS pode ser instalada externamente e o comprimento máximo do cabo é de 15 metros.

 

Instalação Interna

Existem dois padrões de cores de cabo manga para ligação do GPS ao Raspberry Pi. Identifique o padrão de cor do cabo do kit para realizar as conexões conforme as imagens abaixo.

 

  • Padrão 1: roxo, cinza, azul, preto e branco.

  • Padrão 2: laranja, amarelo, verde, marrom e vermelho


Padrão 1 - Cores: branco, preto, azul, cinza e roxoPadrão 2 - Cores: vermelho, marrom, verde, amarelo e laranja
Diagrama de Pinos Raspberry PiDiagrama de Pinos Raspberry Pi
CorRaspberry PiGPSCorRaspberry PiGPS
BrancoP1-01 (+3.3V)VIN (alimentação +)VermelhoP1-01 (+3.3V)VIN (alimentação +)
PretoP1-06 (Terra)GND (alimentação -)MarromP1-06 (Terra)GND (alimentação -)
AzulP1-08 (UART0_TXD)RX (serial data in)VerdeP1-08 (UART0_TXD)RX (serial data in)
CinzaP1-10 (UART0_RXD)TX (serial data out)AmareloP1-10 (UART0_RXD)TX (serial data out)
RoxoP1-12 (GPIO18)PPS (pulso por segundo)LaranjaP1-12 (GPIO18)PPS (pulso por segundo)


Configuração Inicial

 

Dados do Equipamento

As configurações padrão do equipamento são:

  • IP: 10.255.255.11
  • MÁSCARA: 255.255.255.0
  • GATEWAY: 10.255.255.254
  • USUÁRIO: admin
  • SENHA: web.admin
  • INTERFACE DE GERÊNCIA: http://10.255.255.11/

 

Procedimentos de Configuração

Após ligar o equipamento, acessar a interface de gerência, na guia "Área Administrativa", acessando a aba superior "Configurações", com as credenciais do equipamento padrão.

No menu "SISTEMA > Ambiente" (este primeiro acesso pode ser lento devido a falta de configuração do DNS), realizar as seguintes configurações:

  • Na aba de "Instituição" preencha as informações de acordo com sua instituição, principalmente a parte de contato. É importante ressaltar que o campo SIGLA define o valor que será exibido no “logo” da página;

    Dados da Instituição
  • Na aba "Sistema Operacional", altere o Timezone relativo a sua localidade, hostname e domínio conforme definido para o serviço, e altere os DNS Resolver 1 e DNS Resolver 2 para 2 DNS que são utilizados pela sua instituição;

    Dados de Sistema Operacional
  • Na aba "Rede" é feita a configuração da interface de rede do equipamento. Há a possibilidade de configurar a interface para obter IP via DHCP ou estático. O endereço IP deve ser público e de preferência fora de uma rede com firewall. Deixe a opção IPv6 desabilitado. Caso a configuração seja via DHCP, o endereços IPs configurados podem ser visualizados na tela da console da máquina, na tela de login, a qual vem com uma mensagem indicando quais endereços IP estão configurados no MP;

    Dados da Rede
  • Na aba "Serviços Habilitados", certifique-se que os seguintes serviços estejam habilitados e os demais desabilitados: OWAMP, NTP e FIREWALL;

    Serviços Habilitados
  • Na aba "perfSONAR", preencha os seguintes os campos:
    • Nome do Portal Raiz: Nome que aparecerá como sendo o portal “pai” para este equipamento. Por padrão, deve ser cadastrado o nome do portal do PoP onde a instituição se conecta. Ex: PoP-XX.
    • URL Portal Raiz: A URL para acesso ao portal do PoP. Ex.: http://monipe-mpbanda-xx.rnp.br
    • Host padrão para teste de VAZÃO: endereço IP do CuBox. Ponto de Acesso WEB é preenchido automaticamente. Para verificar se o host está correto, clique no botão ao lado direito. (Esta verificação vai funcionar caso o Cubox já esteja ligado e configurado. Faça a verificação após ter configurado o mesmo).
    • Host padrão para teste de ATRASO UNIDIRECIONAL: endereço IP do RASPBERRY PI. Ponto de Acesso WEB é preenchido automaticamente. Para verificar se o host está correto, clique no botão ao lado direito.
    • Host padrão para teste de ATRASO BIDIRECIONAL: endereço IP do RASPBERRY PI. Ponto de Acesso WEB é preenchido automaticamente. Para verificar se o host está correto, clique no botão ao lado direito.

     

    Dados perfSONAR
  • Salve as alterações clicando em "Salvar Alterações" e aplique as mesmas clicando em "Aplicar Configurações Salvas". O equipamento vai reiniciar e poderá ser acessado pelo endereço IP configurado.

No menu "SISTEMA > Ambiente", atualize para a última versão de software disponível:

  • Na aba "Atualizações", verificar se existem atualizações disponíveis e clicar em "Atualizar Aplicações".

    Atualização do Sistema

Vazão (Cubox)


Componentes

Quant.Descrição
Quant.Descrição 
01CuBox01Cartão microSD
01

Fonte de alimentação 5V - 3A

01Pen Drive 16GB

 

Montagem

Procedimentos de montagem

Para montar o medidor de vazão, siga os seguintes passos conforme imagem abaixo:

  1. Certificar que o cartão micro SD esteja encaixado no CuBox;
  2. Inserir o pen drive (numeração final superior a 50 riscado com pincel azul) na porta USB superior;
  3. Conectar o cabo de rede na Interface de rede (Conexão à rede) e; 
  4. Conectar a fonte de alimentaçao bivolt ao CuBox para alimentação elétrica.

 

Cubox instalado

 

Conexão à rede

O CuBox deve ser conectado a um switch ou roteador da rede, com as seguintes características:

  • O mais próximo possível do gateway da instituição;
  • A interface do switch deve estar configurada em modo auto-negociação (o CuBox irá negociar a velocidade da porta em 1000Mbps full-duplex) e;
  • O endereço IP configurado no equipamento deve ser público (roteável na Internet, sem NAT).

 

Configuração Inicial

 

Dados do Equipamento

As configurações padrão do equipamento são:

  • IP: 10.255.255.10
  • MÁSCARA: 255.255.255.0
  • GATEWAY: 10.255.255.254
  • USUÁRIO: admin
  • SENHA: web.admin
  • INTERFACE DE GERÊNCIA: http://10.255.255.10/

 

Procedimentos de Configuração

Após ligar o equipamento, acessar a interface de gerência, na guia "Área Administrativa", acessando a aba superior "Configurações", com as credenciais do equipamento padrão.

No menu "SISTEMA > Ambiente" (este primeiro acesso pode ser lento devido a falta de configuração do DNS), realizar as seguintes configurações:

  • Na aba de Instituiçãopreencha as informações de acordo com sua instituição, principalmente a parte de contato. É importante ressaltar que o campo SIGLA define o valor que será exibido no “logo” da página;

     

    Dados da Instituição
  • Na aba Sistema Operacional, altere o Timezone relativo a sua localidade, hostname e domínio conforme definido para o serviço, e altere os DNS Resolver 1 e DNS Resolver 2 para 2 DNS que são utilizados pela sua instituição;

     

    Dados de Sistema Operacional
  • Na aba Rede é feita a configuração da interface de rede do equipamento. Há a possibilidade de configurar a interface para obter IP via DHCP ou estático. O endereço IP deve ser público e de preferência fora de uma rede com firewall. Deixe a opção IPv6 desabilitado. Caso a configuração seja via DHCP, o endereços IPs configurados podem ser visualizados na tela da console da máquina, na tela de login, a qual vem com uma mensagem indicando quais endereços IP estão configurados no MP;

    Dados da Rede
  • Na aba Serviços Habilitados, certifique-se que os seguintes serviços estejam habilitados e os demais desabilitados: BWCTL, NTP e FIREWALL;

    Serviços Habilitados
  • Na aba perfSONAR, preencha os seguintes os campos:
    • Nome do Portal Raiz: Nome que aparecerá como sendo o portal “pai” para este equipamento. Por padrão, deve ser cadastrado o nome do portal do PoP onde a instituição se conecta. Ex: PoP-XX.
    • URL Portal Raiz: A URL para acesso ao portal do PoP. Ex.: http://monipe-mpbanda-xx.rnp.br
    • Host padrão para teste de VAZÃO: endereço IP do CuBox. Ponto de Acesso WEB é preenchido automaticamente. Para verificar se o host está correto, clique no botão ao lado direito.
    • Host padrão para teste de ATRASO UNIDIRECIONAL: endereço IP do RASPBERRY PI. Ponto de Acesso WEB é preenchido automaticamente. Para verificar se o host está correto, clique no botão ao lado direito. (Esta verificação vai funcionar caso o Cubox já esteja ligado e configurado. Faça a verificação após ter configurado o mesmo).
    • Host padrão para teste de ATRASO BIDIRECIONAL: endereço IP do RASPBERRY PI. Ponto de Acesso WEB é preenchido automaticamente. Para verificar se o host está correto, clique no botão ao lado direito. (Esta verificação vai funcionar caso o Cubox já esteja ligado e configurado. Faça a verificação após ter configurado o mesmo).

     

    Dados perfSONAR



  • Salve as alterações clicando em "Salvar Alterações" e aplique as mesmas clicando em "Aplicar Configurações Salvas". O equipamento irá reiniciar e poderá ser acessado pelo endereço IP configurado.

No menu "SISTEMA > Ambiente", atualize para a última versão de software disponível:

  • Na aba "Atualizações", verificar se existem atualizações disponíveis e clicar em "Atualizar Aplicações".

    Atualização do Sistema

 

 


  • No labels