Fase Experimental do Serviço de Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmico (FE-ATER)

Ir para o final dos metadados
Ir para o início dos metadados

1. Processo de implantação

  1. Configurar a interface de gerência do switch conforme seção 1.1;
  2. Atualizar o firmware do switch (caso necessário) conforme seção 1.2;
  3. Configurar o openflow do switch conforme a seção 1.3;

1.1 Configuração do endereçamento da interface de gerência

  1. Para configurar o endereçamento da interface de gerência do switch você precisa antes acessa-lo.
    1. Caso seja a primeira vez que você o esteja acessando será necessário utilizar a porta serial.
  2. Já logado no switch execute os seguintes comandos:

    switch# configure
    switch(config)# interface mgmt-eth
    switch(config-if-mgmt-eth)# ip address 10.0.0.2/24
    switch(config-if-mgmt-eth)# exit
    switch(config)# exit


  3. Dê logout no switch;

  4. A partir deste momento você poderá conectar o switch em algum equipamento pela porta de gerência e acessa-lo pelo ip 10.0.0.2;

1.2 Atualizando o firmware do switch Datacom DM4001

  1. Para realizar a atualização do firmware do switch openflow Datacom DM4001 iremos utilizar a interface Web que o switch oferece;
  2. Acesse a interface Web do switch que roda na porta 80 do switch;
    1. Caso você não possua conexão direta com o switch você pode criar um túnel para ele conforme o seguinte comando:

       

      # ssh -l { user } -L{ local_port }:{ switch_ip }:{ switch_port } { middle_ip } cat -
      Ex: ssh -l root -L9999:10.0.0.2:80 200.137.224.226 cat -


      Este comando irá abrir um túnel que passa pela máquina **200.137.224.226** que possui conexão com o switch openflow de ip 10.0.0.2.

       

    2. Assim que o túnel estiver aberto você poderá acessar a interface web pelo endereço http://localhost:<local_port>/, no caso do exemplo http://localhost:9999/;

    3. As credenciais de acesso são as mesmas de autenticação no switch;

  3. Já dentro da interface web você terá algo parecido com:




  4. Acesse o menu "MANAGEMENT > File > Firmware Update";

  5. Você verá uma página parecida como a da imagem a seguir:



  6. Para subir o firmware no seu switch marque o checkbox do seu switch;
  7. Clique em "Choose File" e selecione o arquivo do firmware ao qual você deseja carregar;
  8. Clique em "Upload";
  9. Assim que o processo de upload do firmware for concluído você já terá o firmware no switch, mas ainda temos que coloca-lo para rodar;
  10. Para colocar o firmware novo para rodar acesse o menu "MANAGEMENT > File > Firmware Information";
  11. Você verá uma página parecida como a da imagem a seguir:



  12. Marque o radio button "startup" da versão do firmware ao qual você quer colocar para rodar no switch;
  13. Clique no botão "Apply" localizado no canto inferior esquerdo da página;
  14. O switch irá rebootar com o firmware selecionado rodando;

1.3 Configuração do openflow

1.3.1 Native Vlan

  1. Segundo o manual do fabricante, é altamente recomendável que os usuários configurem o Native VLAN. Isso garante o trabalho correto do equipamento em um cenário híbrido, ou seja, quando roteador está sendo usado tanto com OpenFlow e outros protocolos;
  2. Para configura-lo execute os seguintes comandos no switch:

     

    switch# configure
    switch(config)# openflow
    switch(config-openflow)# native-vlan 4094

1.3.2 Controller

  1. Precisamos configurar no switch qual é o endereço ip e a porta ao qual o controlador Openflow está rodando;
  2. Para configura-lo execute os seguintes comandos no switch:

     

    switch# configure
    switch(config)# openflow
    switch(config-openflow)# controller 10.0.0.1 6633 tcp

1.3.3 OpenFlow Enable

  1. Para que o openflow funcione em uma determinada porta é necessário habilitar o openflow nela;
  2. Para isto execute os seguintes comandos no switch:

     

    switch# configure
    switch(config)# interface ethernet <port-number>
    switch(config-if-eth-1/x)# openflow enable
    switch(config-if-eth-1/x)# exit

     

    Realize essa configuração para todas as portas do switch ao qual vocês utilizam, por padrão adotamos o seguinte:

    PortaDescrição
    2Porta ligada a rede IPÊ
    4Porta ligada a rede CIPÓ
    6Porta ligada aos clientes 


    Demais portas podem ser utilizadas nos clientes, caso necessário.

    Seguindo o nosso exemplo rodaríamos os seguintes comandos no switch:

    switch# configure
    switch(config)# interface ethernet 2
    switch(config-if-eth-1/2)# openflow enable
    switch(config-if-eth-1/2)# description REDE IPE
    switch(config-if-eth-1/2)# exit
    switch(config)# interface ethernet 4
    switch(config-if-eth-1/4)# openflow enable
    switch(config-if-eth-1/4)# description REDE CIPO
    switch(config-if-eth-1/4)# exit
    switch(config)# interface ethernet 6
    switch(config-if-eth-1/6)# openflow enable
    switch(config-if-eth-1/6)# description CLIENTES
    switch(config-if-eth-1/6)# exit

1.3.4 Vlan Range

  1. Precisamos habilitar o openflow em um range de Vlans;
  2. Para isto execute os seguintes comandos no switch:

     

    switch# configure
    switch(config)# interface vlan range 200 299
    switch(config-if-vlan-200-to-299)# openflow enable

     

    Note que habilitamos o openflow nas vlans entre 200 e 299, isso se deve pois a rede CIPÓ opera apenas em cima dessas Vlans. 

1.3.5 Set Counter Type (Apenas para firmware v1.0.7+) 

  1. A partir do firmware 1.0.7 do switch openflow da DATACOM foi implementada a opção de escolha do tipo dos contadores (anteriormente só existia contadores de pacote);
  2. O ATER possui preferência de operar em cima de contadores de pacotes, sendo assim, se for possível configure para que o switch funcione com contadores de pacotes;
  3. Para configurar isto execute os seguintes comandos:

     

    switch# configure
    switch(config)# openflow
    switch(config-openflow)# shutdown
    switch(config-openflow)# counters-type packets
    switch(config-openflow)# no shutdown

1.3.6 Habilitando o acesso SSH

  1. Para que seja possível acessar o switch via ssh é necessário habilita-lo;
  2. Para isto execute os seguintes comandos:

    switch# configure
    switch(config)# ip ssh host-key clear
    switch(config)# ip ssh host-key generate
    switch(config)# ip ssh server

1.3.7 Salvando as Configurações

  1. Por fim mas não menos importante devemos salvar as configurações que acabamos de realizar;
  2. Para isto execute o seguinte comando no switch:

     

    switch# copy running-config startup-config 1 producao


Etiquetas