Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

You are viewing an old version of this page. View the current version.

Compare with Current View Page History

« Previous Version 15 Next »

 

Data: 30/03/2015
Participantes:
NomeInstituiçãoTipo de participação
Guido LemosUFPBpresencial
Valdecir BeckerUFPBpresencial
Valter RoeslerUFRGSpresencial
Paulo LopesRNP (RUTE)presencial
Marcelo MorenoUFJFpresencial
Leandro CiuffoRNPpresencial

Jane de Almeida

Mackenziepresencial
Cicero SilvaUNIFESPpresencial
Iara MachadoRNP (P&D)presencial

Alex Moura

RNP (P&D)presencial
André MarinsRNP (P&D)presencial
Clayton ReisRNP (P&D)presencial
Fabiola BezerraRNP (Comunicação)presencial
Fernando RedigoloUSPRemoto
Luiz FernandoPUC-RioRemoto
Tiago AndréCINUSPRemoto
Fernando GaioPanorama AudiovisualRemoto
Daniel CaetanoRNP (Soluções)Remoto
Ana VeigaRNP (Soluções)Remoto

 

Pauta:

 

Notas e deliberações:

Orçamento e atividades:

  • O orçamento do CT-Video 2015 previu o custeio das seguintes atividades:
    • Viagens de participantes do workshop presencial do CT-Video (sugestão de repetir o Workshop no WebMedia)
    • Viagem de 1 convidado internacional para participar de seminário do CT-Video.
    • R$ 38.400 para financiar 4 projetos de P&D (estudos ou provas de conceito) com duração de até 6 meses, desenvolvidos por alunos de pós-graduação e orientados por membros do comitê.

 

Visão revisitada do CT:

  • Fazer o CT-Video ser reconhecido pelas autoridades como um fórum de especialistas para representatividade do Brasil em órgãos de padronização internacional.

 

Financiamento do programa de P&D do CT-Video: 4 projetos de R$ R$ 9.600

  • Projeto 1: Produção de videos apresentando os laboratórios.
    • Selecionar 5 laboratórios para receberem financiamento de R$ 1.600 para produzir um video institucional.
    • Selecionar um aluno para receber R$ 1600 para o trabalho de edição.
    • Definir as regras para a produção vídeo. Por exemplo: duração máxima e mínima, resolução, formato, estilo de filmagem, etc.
    • Apresentar o resultado dos videos em um seminario para o CT.

 

  • Projeto 2: Diagnóstico/mapeamento de orgãos de padronização
    • Definir o escopo: quais tipos de padrões o CT tem interesse?  (codificação de video, anotação de video, transmissão, etc.)
    • Quais são os órgãos de discussão a serem prospectados?
    • Como é a representatividade e forma de participação de cada órgão?
    • Necessidade de levantar as perguntas que precisarão ser respondias pelo relatório. Incluir essas questões na chamada do projeto.

 

  • Projeto 3: Mapeamento de padrões e lacunas nas aplicações de video atualmente sendo desenvolvidas pelos membros do CT (com financiamento pela RNP ou não).
    • Identificar as possibilidades e desafios de integração entre as ferramentas.
    • Desenhar um mapa de aplicações, padrões e protocolos.

 

  • Projeto 4:Levantamento de tecnologias e estado da arte de temas que NÃO foram cobertos pelo relatório de visão de futuro.
    • Financiar 3 estudantes por quatro meses.
    • Os estudantes financiados deverão apresentar um "webinar" sobre o tema prospectado e submeter um artigo (do tipo survey) para o Workshop do CT-Video no Webmedia.
    • Os seminários (webinar) deverão acorrer em setembro e outubro de 2015.

 

 

Palestra internacional (sugestões):

  • Convidar membro de comitê de padronização internacional; (Marcelo Moreno irá consultar escritório do ITU-Brasil para ver as possibilidades de trazer alguém)
  • Convidar membro da equipe do SAGE2  (Maxine ou Jason Leigh)

 

Oportunidade de Financiamento 1:

  • Daniel Caetano apresentou 3 oportunidades de projetos em parceria com a ANCINE com financiamento imediato: video sob demanda (visão de futuro, tecnologias e estado da arte); video sob demanda (formas de receita em publicidade no futuro) e captura e gravação de sinal de TV Digital aberta para fiscalização da ANCINE (MP-SaAC).
  • As chamadas de projetos serão enviadas para a lista do CT-video em aproximadamente 15 dias.

Oportunidade de Financiamento 2:

  • Paulo Lopes apresentou oportunidade de financiamento em parceria com a EBSERH (MEC).
  • Necessidade de convencer o financiador da relevância do investimento em P&D. Fazer proposta de projeto para o financiador.
  • Sugestão 1: usar o recurso para ações de integração / interoperabilidade entre ferramentas (com base no relatório resultante do Projeto #3).
  • Sugestão 2: convencer o financiador para usar o recurso para financiar a estruturação de um projeto maior, elaborado pelos membros do comitê. 

 

Publicações:

  • Cada projeto de P&D financiado deverá gerar um relatório final / artigo.
  • As propostas de apresentações no workshop do CT-video dependerão de submissão de artigo.
  • Sugestão 1: agregar todos os artigos ao final do ano e enviar os melhores  para uma ou duas revistas (sugestão: revista da SET).
  • Sugestão 2: realizar chamada de submissão de artigos para a montar edição especial de jornal de telessáude (minimo de 4 artigos para propor a edição).

 

Outros assuntos: Próximo Workshop CineGrid no Brasil

 

Próximas ações:
  • Rascunhar as 4 chamadas de projetos, enviar para revisão na lista. (Lançamento até o dia 10/04).
  • Realizar reunião com a organização do Webmedia.
  • Elaborar proposta de projeto para EBSERH (prazo 2 meses)

 

 

 

  • No labels