Ir para o final dos metadados
Ir para o início dos metadados

Topologia Física

Para o setup dos Supermicro, sugerimos essa topologia física como padrão.


Referência das portas físicas do Supermicro:

Tabela DE/PARA:

Equipamento (DE)Porta (DE)Equipamento (PARA)Porta (PARA)Observação
Supermicro #1Porta de Controle (P5)ToRPorta eth 1/4Ligação para plano de Controle
Supermicro #1Porta de Dados 0 (P2)SuperMicro #2Porta de Dados 0 (P2) 
Supermicro #1Porta de Dados 2 (P4)ToRPorta eth 1/3Ligação para plano de Experimentação
Supermicro #1Porta de Dados 4 (P7)dom0eth(X)Bridge br_exp(Y) com dom0
Supermicro #1Porta de Dados 1 (P1)SuperMicro #2Porta de Dados 1 (P1) 
Supermicro #1Porta de Dados 3 (P1)SuperMicro #2Porta de Dados 2 (P4) 
Supermicro #1Porta de Dados 5 (P6)dom0eth(X+1)Bridge br_exp(Y+1) com dom0
Supermicro #2Porta de Dados 4 (P7)dom0eth(X+2)Bridge br_exp(Y+2) com dom0
Supermicro #2Porta de Dados 5 (P6)dom0eth(X+3)Bridge br_exp(Y+3) com dom0
Supermicro #2Porta de Controle (P5)ToRPorta eth 1/5Ligação para plano de Controle

ethX, significa que é a primeira porta disponível no dom0. ethX+1 é a próxima porta disponível.

Bridge é uma interface virtual que é criada no dom0 para viabilizar a experimentação através do framework OCF.
Brige(Y) é a primeira bridge criada (exemplo: br_exp1), enquanto que Bridge br_exp(Y+1) são as bridges seguintes.

Pré-requisitos para configuração do Supermicro

Para configurar o Supermicro é necessário:

  • VGA
  • Teclado USB

O login padrão para essa máquina é:

  • User: whitebox
  • Pass: fibre42

Configurando o Supermicro para plano de controle

A configuração do plano de controle do switch Supermicro, é similar a configuração de interfaces em servidores Debian/Ubuntu.

A interface que deve ser configurada é: enp4s0

O endereçamento esperado para este equipamento é: 10.X.0.10/16 ou 10.X.0.11/16

Para informações de qual endereçamento utilizar acesse esse endereço: 2. FIBRENet's Control Plane - Network addressing for Islands

 

Configurando o openvswitch para inserir controladores, bridge, filas e interface

Segue abaixo dois modelos de configuração. Um para criar um switch virtual de 6 portas e outro para criar dois switches virtuais com 4 portas (3 portas físicas e 1 lógica)

Switch Virtual de 6 portas

Bridge

Ports


Dois Switches Virtuais de 4 portas

Bridge

Portas da Bridge br-dpdk0: 

Portas da Bridge br-dpdk1:



Configuração do Controlador

Etiquetas
  • Nenhum